sábado, 22 de novembro de 2008

O poder dos sonhos


“ Os sonhos são fiéis intérpretes de nossas inclinações; mas é necessário uma arte para classificá-los e compreendê-los.” Montaigne - “Da Experiência”, Ensaios.

Enquanto dorme, o homem sonha. Desde tempos imemoriais, parte de sua existência está no mundo dos sonhos.
Sonhar é mais do que passar o tempo durante a noite. É uma experiência. Na experiência há uma mensagem - de você para você mesmo.
Os sonhos são um fato na vida humana. Todos sonham, e os sonhos ajudam a manter um estado de equilíbrio psicológico, uma mente equilibrada. Neste estado do sono certas tensões são descarregadas e certas pressões aliviadas. Esta é apenas uma das razões pelas quais sonhar é necessário.
Os sonhos têm sua própria autonomia e não são limitados por espaço ou tempo. Parece bastante estranho podermos durante um sonho manter conversações sem que uma só palavra seja dita. Podermos ser transportados a diversos lugares completamente diferentes, por vezes muito distantes entre si, sem o uso de qualquer veículo e sem notarmos qualquer lapso de tempo. Simples e repentinamente estamos lá. Objetos, pessoas e animais, familiares ou estranhos, podem aparecer subitamente de parte alguma e desaparecer sem aviso. Contudo, nada disto nos parece estranho ou surpreendente. Tudo que ocorre parece ser muito natural em sua ocorrência... no estado do sonho.
Os sonhos possuem grande significado prático e são reconhecidos como importantes pelas religiões, pelas culturas antigas e contemporâneas e pelo campo da Psicologia.
Por que nem todos recordam seus sonhos?
Edgard Cayce, grande estudioso dos sonhos, encontrou 4 motivos: falta de interesse, exaustão física, impurezas no corpo e materialismo. O primeiro passo para estimular a recordação dos sonhos, segundo ele, é dizer a si mesmo todas as noites , pouco antes de adormecer: “vou recordar meus sonhos”. Um bloco de notas e um lápis devem estar sobre a mesa de cabeceira. Isto ajudará a mente subconsciente a despertar a mente consciente(para registrar), no momento em que for concluído um sonho importante ou logo que despertar.
Há algumas maneiras importantes pelas quais os sonhos lhe podem ser valiosos:
1. Compreender a si mesmo e enfrentar-se;
2. Como orientação prática para o corpo, mente e espírito;
3. Como orientação prática para os problemas do cotidiano;
4. Para registrar a sensitividade psíquica;
5. Como estímulo e inspiração;
6. Informação para a cura do corpo, da mente e do espírito;
7. Expansão da consciência;
8. Estímulo à criatividade;
9. Como registro de experiências psíquicas;
10. Experiências em outras dimensões, como a de fora do corpo;
11.Lembranças de experiências de vidas passadas;
12.Na conscientização de sua responsabilidade para os que dependem de você;
13. No reconhecimento de uma responsabilidade maior para com toda a humanidade, amigos e inimigos;
14. Na descoberta e estabelecimento de comunicação com seu Criador, através do Eu Superior;
15. Desenvolvimento de sua natureza espiritual;
16. Conquista de Paz interior;
17. O mais importante de tudo: aumento de sua capacidade para servir ao semelhante, por meio de melhor compreensão de seus problemas e processos de pensamento.

Os sonhos são experiências reais. Eles nos mostram uma realidade mais profunda de nós mesmos, um encontro mais autêntico com as forças de nossa mente e do nosso espírito. As vivências que ocorrem nos sonhos podem ser poderosas, a ponto de desencadearem mudanças literais em nós: na maneira como pensamos, sentimos e agimos quando acordados.
Os sonhos são muito mais que uma fantasia sem significado. Isso não quer dizer que todo sonho deva ser colocado em ação, literalmente, na vida quando acordado. Em sua maioria, seus acontecimentos são simbólicos. Eles aparecem em forma de imagens. Imagens são símbolos; e estes símbolos são a linguagem de seus sonhos e temos de desenvolver a capacidade de interpretá-los, percebendo assim como transpor melhor essas genuínas experiências do mundo espiritual para a vida física diária. Mesmo que diferentes pessoas possam ter sonhos com imagens/símbolos semelhantes, o sonho terá um significado diferente para cada uma , por causa das experiências individuais, pessoais, em relação àquilo que o símbolo representa. Cada sonho deve ser decifrado de acordo com a situação em que você se encontra, na ocasião em que o ele ocorre.
Assim, é importante na interpretação dos símbolos ver que seu sonho se refere a você, ou seja, você tem o papel principal nele pois, afinal de contas , trata-se de seu sonho. Além de ser a atração principal neste sonho, você deve compreender que também escreve o texto, produz a peça e monta o cenário. E, a não ser em sonhos fora do comum, as outras pessoas que aparecem nos sonhos (nesta peça), são aspectos de seu Eu, partes de seu próprio caráter ou personalidade, ou seja, aquela outra pessoa em seu sonho pode estar se referindo, por exemplo, às suas próprias falhas, virtudes ou atitudes. Ou seja, você observa a sua própria vida de novos ângulos e, ao fazê-lo, pode obter novas e importantes percepções sobre si mesmo. Os padrões morais do indivíduo se refletem com exatidão na clareza e grau de qualidade de seus sonhos.
Em alguns casos, membros da família ou amigos muito chegados ou então parentes retratam-se no sonho. Neste caso, você pode obter valiosas informações sobre seus relacionamentos com essas pessoas.
Assim, cada sonho é criação sua, seu quebra-cabeças, portanto você será seu melhor intérprete. Não se deixe desencorajar. Com a prática, a compreensão se tornará mais fácil. Os sonhos não têm a intenção de ocultar. Geralmente há uma razão para que aconteçam, sendo algumas dessas razões mais importantes que outras. A persistência nos reserva grandes recompensas.
(Texto elaborado com base no livro O PODER DOS SONHOS, de Martin Claret.)

4 comentários:

Marcos Afonso disse...

Sonhos...
Ah, esses sonhos...
Dificilmente me recordo dos sonhos quando acordo.
Por um lado é bom, por outro, até que gostaria da companhia de uns durante o dia.
O que me incomoda mesmo é ver muita gente esquecendo sonhos que só podem ser realizados se estivermos acordado ...

Grande abraço, Gilvan.

Marcos Afonso.

Faide Veiga disse...

Gilvan, amei o tema,tenho verdadeira paixão em aprender sempre sobre os sonhos, seus mistérios,sua complexidade,sejam eles reveladores premonitórios ou uma expansão da consciência humana.Eles nos revelam um outro mundo,um outro eu.Pessoas,animais,objetos,tempo,espaço,se apresentam em nossos sonhos compondo um enredo que poderá evocar o real,o imaginário,o que pode ter existido,pessoas queridas que estiveram conosco neste planeta e as que ainda estão,nossos desejos mais profundos,conscientes ou inconscientes,a projeção temporal,espacial,caminhos já percorridos ou que ainda serão descobertos,enfim os sonhos revelam nossos mais profundos mistérios e nos fazem voar sem limites...que nossos sonhos sejam a realidade que buscamos em nossas amadas vidas.Bons sonhos!Abço,Faide.

Faide Veiga disse...

Gilvan, amei o tema,tenho verdadeira paixão em aprender sempre sobre os sonhos, seus mistérios,sua complexidade,sejam eles reveladores premonitórios ou uma expansão da consciência humana.Eles nos revelam um outro mundo,um outro eu.Pessoas,animais,objetos,tempo,espaço,se apresentam em nossos sonhos compondo um enredo que poderá evocar o real,o imaginário,o que pode ter existido,pessoas queridas que estiveram conosco neste planeta e as que ainda estão,nossos desejos mais profundos,conscientes ou inconscientes,a projeção temporal,espacial,caminhos já percorridos ou que ainda serão descobertos,enfim os sonhos revelam nossos mais profundos mistérios e nos fazem voar sem limites...que nossos sonhos sejam a realidade que buscamos em nossas amadas vidas.Bons sonhos!Abço,Faide.

Anônimo disse...

Que rica suas informações sobre o tema sonho, fortaleceu minhas buscas nessa arte.

Nostradamus 05/06/2011