sexta-feira, 23 de abril de 2010

Dia de São Jorge

Quando criança, havia na parede da sala da casa dos meus avós maternos dois quadros que eram alvo dos meus olhares investigativos sempre que ia lá. Um tinha uma imagem de Santa Joana D’Arc e o outro de São Jorge. São as primeiras referências e memórias que tenho destes dois santos guerreiros. Nunca perguntei a ninguém o que eles representavam. Algumas décadas depois, fico imaginando a devoção de meus avós – não sei se foi o avô ou a avó quem colocou os quadros. O que eles sentiam ao fazerem aquela homenagem, dispondo um lugar de sua casa para reverenciar os dois santos? Eles nem sabiam que estavam tocando o coração do neto, despertando-lhe o interesse, inicialmente histórico, e depois filosófico e espiritual, sobre aquelas duas figuras, que continuo estudando, buscando neles essências que possam me auxiliar a viver e a conhecer este mundo em que vivo.
Hoje, 23 de abril é dia de São Jorge. Na internet há diversas orações dedicadas a ele, e em uma delas encontrei uma jóia de explicação: “... fazei que este grande mártir, com sua couraça, sua espada, e seu escudo; que representam a fé, a esperança, e a caridade; ilumine os nossos caminhos e fortaleça o nosso ânimo nas lutas da vida....
A música Jorge de Capadócia, de Jorge Benjor, também explica alguns fundamentos do que este Santo Guerreiro representa. Salve Jorge !!!


Gilvan Almeida

História: São Jorge é o santo patrono da Inglaterra, Portugal, Geórgia, Catalunha, Lituânia, da cidade de Moscou e, extra-oficialmente, da cidade do Rio de Janeiro (título oficialmente atribuído a São Sebastião), além de ser padroeiro dos escoteiros e do S.C Corinthians Paulista. No dia 23 de Abril comemora-se seu martírio. Ele também é lembrado no dia 3 de novembro, quando, por toda parte, se comemora a reconstrução da igreja dedicada a ele, em Lida (Israel), onde se encontram suas relíquias, erguida a mando do imperador romano Constantino I. Há uma tradição que aponta o ano 303 como ano da sua morte. Apesar de sua história se basear em documentos lendários e apócrifos (decreto gelasiano do século VI), a devoção a São Jorge se espalhou por todo o mundo. A devoção a São Jorge pode ter também suas origens na mitologia nórdica, pela figura de Sigurd, o caçador de dragões.
Fonte: Wikipédia

Jorge de Capadócia
Jorge Benjor

Jorge sentou praça na cavalaria
Eu estou feliz porque eu também
Sou da sua companhia
Eu estou vestido com as roupas
E as armas de Jorge
Para que meus inimigos tenham mãos
E não me toquem
Para que meus inimigos tenham pés
E não me alcancem
Para que meus inimigos tenham olhos
E não me vejam
E nem mesmo pensamento eles possam ter
Para me fazerem mal
Armas de fogo, meu corpo não alcançará
Espadas, Facas e lanças se quebrem
Sem o meu corpo tocar
Cordas correntes se arrebentem
Sem o meu corpo amarrar
Pois eu estou vestido com as roupas
E as armas de Jorge
Jorge é de Capadócia
Viva Jorge,
Jorge é de Capadócia
Salve Jorge
Perseverança ganhou do sórdido fingimento
E disso tudo nasceu o amor
Perseverança ganhou do sórdido fingimento
E disso tudo nasceu o amor.

Oração a São Jorge

Ó Deus onipotente, que nos protegeis pelos méritos e as bênçãos de São Jorge, fazei que este grande mártir, com sua couraça, sua espada, e seu escudo; que representam a fé, a esperança, e a caridade; ilumine os nossos caminhos e fortaleça o nosso ânimo nas lutas da vida. Dê firmeza à nossa vontade contra as tramas do maligno, para que, vencendo na terra, como São Jorge venceu, possamos triunfar no céu convosco, e participar Das eternas alegrias. Amém!
Fonte: http://www.saojorgemartir.com.br/sao_jorge/oracao.php

3 comentários:

Marcos Afonso disse...

Amigo Gilvan...

Bonito e singelo...
Fico com a lenda...
E o poema da boa guerreância...
___________

Na minha infância,
ele também lanceava
na lua...
E eu o procurava...

Viva Jorge!

Faide disse...

Grande São Jorge!
Minha avó paterna gostava muito de nos contar histórias sobre esse guerreiro admirado também pelas crianças.Momentos mágicos e felizes,que despertam minhas lembranças com muita nitidez,e o curioso é que nunca conversei com Hugo sobre isso,pelo menos não de forma convicta, mas quando ele viu pela primeira vez uma imagem de São Jorge,me fez comprar na hora...ficou apaixonado e interessadíssimo pela figura tão exuberante de São Jorge em cima do cavalo e lógico lutando e derrotando um dragão.
E finalmente até hoje é um de seus admiradores...

Gilvan,
Que o glorioso São Jorge,em nome de Deus,sempre estenda o seu escudo para te proteger e defender com a sua força e a sua grandeza...

bjo

Isaac Melo disse...

Gilvan,
creio que é uma imagem que aguça a curisodade de muitss crianças. Assim como você, eu também sentia sentimentos semelhantes ao seu em relação a São Jorge, quando criança.

Abraços!