sexta-feira, 18 de junho de 2010

Saramago (1922 - 2010)

Ainda não li nenhum livro escrito por Saramago, embora acompanhe há um tempo sua trajetória. Hoje, no dia da morte dele, um amigo me mandou esta frase, que me despertou o interesse de conhecê-lo mais :

"Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia."

José de Sousa Saramago, escritor português, Prêmio Nobel de Literatura em 1998.


Gilvan Almeida

2 comentários:

Faide disse...

Gilvan,
São tantos escritores de excelência que mesmo desejando muito,não temos como conhecer tantas obras.Mas em qualquer contexto tudo que deve ser nosso,vai nos chegar e enriquecer de forma especial...e no devido momento...concorda?...
Amei a frase citada em teu post...
Conheci Saramago com seu livro: "O
Evangelho segundo Jesus Cristo." Que narra a história de Jesus como homem,filho do homem e da mulher (sua humanização),antes de ser o filho de Deus,e que passa uma mensagem que gosto e concordo:...Não temos que necessáriamente acreditar naquilo que nos é dito,devemos pensar sempre sobre o que nos foi dito...
É uma experiência literária muito boa,até porque a linguagem é como se fosse um diálogo,o que já é uma diferenciação da linguagem sagrada das escrituras.

bjo
Faide

C@urosa disse...

Olá meu caro e sensível amigo Gilvan, bom visitá-lo, sempre muita cultura e inteligência por aqui, parabéns.

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@

Para os amigos e amigas, um sábio pensamento do mestre que se foi.

"Sempre chega a hora em que descobrimos que sabíamos muito mais do que antes julgávamos."
José Saramago

forte abraço

C@urosa