sábado, 6 de setembro de 2008

5. O Júri Popular

O Júri Popular da 36ª edição do Festival era composto de 14 membros, todos selecionados através de concursos semelhantes ao que aconteceu em Rio Branco. Havia representantes do Acre(1), Pará(1), Rio Grande do Norte(1), Minas Gerais(1), Rio de Janeiro(1), São Paulo(1), Bahia(1), Pernambuco(1), Rio Grande do Sul(5) e Paraná(1). A atribuição deste júri era eleger os melhores filmes nacional e estrangeiro, por uma escolha afetiva e não técnica. Representávamos o olhar e o coração do público.
(Continua)

Um comentário:

Faide Veiga disse...

Super importante atribuir também à pessoas sem nenhuma relação técnica com o cinema,uma parte desse julgamento,até porque são elas(nós)que, pelo menos eu penso assim,na verdade elegem o seu melhor e o seu pior filme,livro,etc.independente do que é correto,"técnicamente falando" mas por infinitos motivos como a emoção,a cumplicidade,lembranças,espiritualidade,afinidade...enfim gostos e culturas diferentes que são o verdadeiro mover do cinema.Gilvan,é um comentário leigo mas de quem ama o cinema.ABS...